19 de março de 2009

Tentar, tentar até conseguir

Ano passado eu era uma menina normal, sem muito ideais. Só com o desejo de passar de ano e conseguir fazer aulas de música. Até que eu descobrir um lugar que mudou a minha vida (não vou citar o lugar para eles nao saberem como me afetaram, mas quem me conhece já sabe do que estou falando). É, mudou a minha vida completamente, antes eu era uma menina normal, depois eu virei uma menina com um dos sonhos mais altos. E lá fui eu atrás do que eu queria.

Em setembro (acho que foi dia 9), eu tive a notícia que todos os meus planos, todos os meus sonhos, estavam encerrados. Eu não tinha conseguido o que queria. Meu mundo caiu naquela hora, nunca chorei tanto na minha vida. A pior parte é que eu não conseguir o apoio que eu tanto precisava, muitas pessoas acharam besteira a minha reação, mas só quem passou para me compreender.

Eu já até tinha desistido de tentar a minha alternativa paralela, mas eu mudei de ideia de ultima hora. Tambem pensei que eu não conseguiria, mas agora eu estou lá. Podemos dizer que eu estou feliz lá.

Mas este lugar atual é só o começo de uma nova tentativa, é o meu novo ponto de partida. Estou Back to te Start.

Uma coisa eu aprendi, nunca desistir de tentar. Porque se depender de mim, eu vou até o fim!

8 comentários:

Fraan disse...

Poste dedicado a todas as pessoas que nao desistiram de tentar junto comigo! Esse é o nosso ano,galerë!
;*

Karla Moreno disse...

Esse sentimento de superação e determinação é INDISPENSÁVEL! Eu to num momento BEM "superação" tbm, tendo que superar meus limites e manter meu psicológico o mais equilibrado possível!

Mas todo pensamento positivo é bem vindo sempre! Negativida? não pertence pertencer ao nosso vocabulário!

beeeeijo frann ;*

FRX disse...

eita menina agora vc é normal o ANORMAL é não sonhar não querer crescer- progredir

Amanda disse...

Polônia, amo muiitooooooo !!
Europaa, maraviilhaa !!
Evanescence, cuurto diimais !! :)

Beiijuus

Fraan disse...

post*

Cadinho RoCo disse...

Siga seu propósito.
Cadinho RoCo

Atreyu disse...

Hoje eu sou um cara alegre, mas já passei por muitas coisas e passei calado! Nunca consegui desabafar com ninguém, passei perto da loucura! Sei o que é terror psicológico e a total idéia de impotência.
Mas agradeço a Deus por ter passado por isso! Pois sou quem sou graças a tudo que já vivi com os meus 18 anos.
Avida não é perfeita, mas te ensina a encarar a imperfeição e os fracassos

Anônimo disse...

caught details rastogimba fuels likelihood gazette beat suisse sundia exploited granting
semelokertes marchimundui