5 de janeiro de 2010

Desabafo

Eu, por acaso, conseguir sobreviver entre o abismo e a corda bamba. Fui até o fundo do mar, para poder descobrir o oxigênio que eu tanto precisava.

Meu espelho mostrava tudo o que eu queria ser, mas eu fui cega, não percebi a realidade, não queria aceitar o que tinha e sempre quis buscar mais. Busquei, não conseguir o que eu achava que eu queria. Mas conseguir me equilibrar na tal corda bamba. Conseguir nadar até o litoral e achar todo o oxigênio do mundo.

No limite do abismo e da corda bamba, eu me descobrir, descobrir meus verdadeiros amigos e minha razão para estar no mundo. Descobrir que o final ainda não chegou e que eu ainda tenho muito pelo que lutar. Decepções só servem para fechar nossos olhos e esconder nossa felicidade. E a felicidade real é o que chamamos de realidade.


Não tenho muito o que comentar, é só isso. Beijos :*

5 comentários:

Th. disse...

tá lily, beijos.

UAHAUHAUHAUAH'

caaaaaaaaah disse...

hm, gostei :D

- Isabela disse...

ta liiiinds amor *-*

Fraan Farias disse...

Obrigada, amores *-*

¤*Daia*¤ disse...

"Decepções só servem para fechar nossos olhos e esconder nossa felicidade"

E não é que é a + pura verdade? A gente fica tão mal, tão "se lamentando" que esquece das coisas boas que temos na vida!

Ain, já que vc leu todos da série da Becky, me diz... o segudo é ainda melhor do que o primeiro, como eu acho que vai ser? A doida, + empolgada... hahaha!

Bjo